Estabelecimentos no Castelão são fiscalizados

A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e a Vigilância Sanitária do Município de São Luís, com apoio da secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), fiscalizaram os estabelecimentos comerciais do Estádio Castelão, a fim de verificar a qualidade e o manuseio dos alimentos e de bebidas vendidos em bares e no comércio ambulante instalados no local.

Fiscalização

Participaram da fiscalização, realizada na tarde de sexta-feira (15), o diretor-geral do Procon, Duarte Júnior; o gestor de fiscalização do órgão, Ricardo Cruz; além de agentes da Vigilância Sanitária do município. O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, acompanhou os trabalhos. A ação aconteceu poucas horas antes do início da partida entre Sampaio Corrêa e Macaé, pela série B do Campeonato Brasileiro, no momento em que os vendedores já estavam no estádio atendendo aos clientes.

“O objetivo foi verificar as condições dos alimentos comercializados, identificando se atendem às exigências de qualidade e para que, de nenhuma forma, atentem contra a saúde e a vida das pessoas”, explicou Duarte Júnior.

Alguns alimentos foram apreendidos por estarem com prazos de validade vencidos. Também foram retirados do circuito de vendas, garrafas enferrujadas e constatadas irregularidades no armazenamento e acondicionamento inadequados dos produtos e exposição imprópria de alimentos.

Todos os comerciantes foram notificados e alguns autuados. De acordo com a equipe de fiscalização do Procon, eles terão 30 dias para se regularizar. “Nosso objetivo aqui não foi apenas coibir os comerciantes, mas orientá-los a como proceder a partir de agora,” destacou o diretor-geral do Procon.

“Seguindo a política do governo Flávio Dino, a Sedel já está organizando cursos de manipulação de alimentos para as pessoas que trabalham com venda nos estádios de São Luís. Além disso, o cumprimento de todos os apontamentos feitos pela Vigilância Sanitária e Procon serão cobrados pela Sedel aos permissionários dos bares e aos clubes”, informou o secretário Márcio Jardim.

Capacitação profissional

Em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Alimentar de São Luís (Semsa), a Sedel já organizou dois cursos de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos (BPMA), direcionados a vendedores de bares e lanchonetes dos estádios de São Luís.

Cerca de 80 profissionais concluíram o curso este ano e, em breve, será formada nova turma. O treinamento, ministrado pela Semsa e Vigilância Sanitária, tem o objetivo de qualificar os profissionais que trabalham com a venda de lanches e bebidas nos estádios, principalmente no que se refere ao manuseio adequado dos alimentos.

Heloísa Vasconcelos

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger