Fórum sobre violência escolar

Debater as iniciativas necessárias para o combate à violência no espaço escolar, enumerando fatores responsáveis pela indisciplina e violência, as atitudes a serem adotadas quanto a atos infracionais e sugerir ações que contribuam para uma cultura de paz nas escolas. São esses os objetivos do IV Fórum de Discussão: Enfrentando a Violência no Ambiente Escolar. O evento é promovido pelo Ministério Público, por meio das Promotorias de Justiça Especializadas na Defesa da Educação (PJEDE), e conta com apoio e participação da Prefeitura de São Luís.

Prefeitura de São Luís
Prefeitura participa de Fórum sobre violência escolar promovido pelo MP
O prefeito Edivaldo foi representado na solenidade de abertura pelo secretário municipal de Governo, Lula Fylho. Durante a solenidade, Lula Fylho destacou o empenho do prefeito Edivaldo Holanda Júnior nas questões relacionadas à melhoria da Educação de São Luís. "Esta é a gestão que está trabalhando para recuperar a rede municipal. O prefeito Edivaldo é diligente e cobra dos seus secretários um olhar claro, preciso e constante para a melhoria da educação para as nossas crianças", destacou Lula Fylho.

Para a secretária adjunta da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Leonia Queiroga, a adoção de uma cultura de paz nas escolas passa pela concepção de Educação Integral e pela integração da escola com a comunidade. "A escola deve funcionar como espaço de aprendizado, cultura, arte, esporte e lazer para toda a comunidade. Assim, de vítima da violência, ela passará a ser parceira do bairro e das famílias na disseminação da paz e na resistência às formas de violência", disse Leonia.

O trabalho que o Grupamento de Segurança Escolar (GSE), ligado à Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), executa nas escolas municipais de São Luís foi destacado. O grupamento leva aos estudantes palestras e oficinas que promovem a construção de um ambiente escolar agradável e democrático.

"Combater a violência no espaço escolar é uma meta da gestão do prefeito Edivaldo e, por determinação dele, o trabalho do GSE leva aos alunos palestras que envolvem assuntos do cotidiano dos alunos, como bullying, drogas, indisciplina na sala de aula e ainda, a depredação do espaço público, buscando assim, uma cultura de paz e solidariedade humana", ressaltou Breno Galdino, secretário da Semusc.

Além das palestras e oficinas, o GSE também realiza rondas ostensivas em escolas onde há maior índice de violência escolar. Desde 2007, as rondas preventivas foram adotadas pelo grupamento, que é composto por 33 guardas municipais. "As rondas possuem um caráter preventivo para proporcionar segurança dentro e fora das escolas, através de ações socioeducativas para ajudar no enfrentamento a violência. É um trabalho delicado e que requer muita sensibilidade para ajudar crianças e adolescentes que muitas vezes já vivenciam a violência dentro de casa", destacou o inspetor Roberto Braga, Chefe do GSE.

Programação

Painéis, oficinas e a conferência "A violência no espaço escolar: um fenômeno a ser enfrentado" compõem a programação do evento. Os painéis e oficinas tratam das maneiras de reconhecer o cenário de violência, de solucionar essas questões e também de superação das ocorrências da violência.

O titular da 1ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Educação, Paulo Avelar, destacou que essas são questões que permeiam a atividade diária das promotorias. "A temática da violência no espaço escolar é triste, porém ainda é uma realidade. A intervenção das promotorias busca encontrar estratégias para combater este problema", afirmou. "É preciso enfrentar o problema e buscar neste debate soluções da melhor maneira possível, sem prejuízos para aqueles que precisam da educação pública em nosso estado", completou Maria Luciane Bello, titular da 2ª Promotoria de Educação.

O evento conta com a participação de gestores escolares, professores, estudantes e suas famílias, organizações da sociedade civil, conselheiros tutelares, promotores de justiça e técnicos das secretarias de Educação e de Segurança com Cidadania de São Luís, além de representantes do aparato policial do estado do Maranhão e de autoridades.

Carolina Nahuz

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger