É preciso sair às ruas contra o impeachment

O golpe está em marcha. Na quarta-feira (2 de dezembro) o presidente golpista da Câmara dos Deputados anunciou que aceitaria o pedido de impeachment de Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.

Mais do que nunca está colocada na ordem do dia a luta nas ruas contra a direita e o golpe.

Aos que até ontem afirmavam que não havia ameaça é hora da unificação para criar uma mobilização para colocar nas ruas um amplo movimento de massas.

Temos visto que o esquadrão da morte do falido regime político está nas ruas promovendo assassinatos da juventude negre pobre sem que nenhuma providência seja tomada.

Estamos vendo em São Paulo o plano da direita para todo o país. Os cortes no orçamento e ataque à educação com fechamento de escolas e demissão de trabalhadores resultou em protestos que duram já quase um mês com a ocupação de escolas e agora com atos nas ruas e ocupação de diretorias regionais de ensino.

Também como resposta aos planos da direita vimos grandes manifestações de mulheres contra o projeto de lei 5069 que cria constrangimentos e dificulta o acesso ao aborto legal por mulheres estupradas, e o Fora Cunha.

Se em São Paulo a luta contra Alckmin é a luta contra a direita a mobilização das mulheres tem essa mesma característica tendo como alvo o deputado ultra reacionário.

Cunha se tornou a representação da direita. E deve ser denunciado como elemento central do golpismo no Congresso Nacional.

É preciso sair às ruas contra o impeachment. Somente a mobilização dos trabalhadores, das mulheres, dos negros e da juventude

Defender o Fora Cunha; Fora Alckmin; Não ao golpe; Não ao impeachment. Por uma Assembleia Nacional Constituinte controlada pelos trabalhadores.

Causa Operária Onlina

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger