38 anos: movimento social realizava Exposição histórica

Em 30 de julho de 1999, o movimento Patu 2001 realizou a exposição: “Patu Além do Turismo Romeiro”, na CLINIVIVA - Pronto Atendimento em Saúde Mental, bairro Barro Vermelho, em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Presente ao evento, o artista plástico Ricardo Veriano Fernandes expôs a tendência histórico-cultural do turismo patuense ao som da música de Neemias Lopes e Paulo Sarkis.

Essa Tendência ficara marcada pela retomada dos trabalhos de resgate da história e preservação da memória do cangaço de Jesuíno Brilhante (1944-1979), e seu bando contra família Limão iniciados com as pesquisas para elaboração da revista Igapó da Fundação Cultural José Augusto/RN sobre Jesuíno Brilhante, em 1981, por Emanoel Cândido do Amaral , Aucides Bezerra de Sales e Luiz Elson.

As atividades da retomada culminaram com várias produções anuais do espetáculo teatral “O Auto de Jesuíno”, em Patu/RN; com a dissertação de mestrado Lugares de Memória: Jesuíno Brilhante e os testemunhos do cangaço nos Sertões do oeste potiguar e fronteira paraibana (João Pessoa/PB, UFPB), da professora Lúcia Maria de Souza Hollanda; com a edição de duas novas revistas sobre Jesuíno e com o ensaio historiográfico A Saga dos Limões- Negritude no Enfrentamento ao Cangaço de Jesuíno Brilhante (2011), do médico psiquiatra e sanitarista Epitácio de Andrade Filho, fundador do movimento.

Desse evento efêmero-itinerante, a psicóloga Sheylla Maria Moura Rodrigues, especialista em psicoterapia de família e casal, pela Universidade de Bruxelas, capital da Bélgica, na Europa ocidental aceitou o convite do sindicalista Genésio Neto Pola Pinto para conduzir uma reunião com usuários e familiares atendidos no hospital geral de Janduís, aonde foi apresentado um projeto sobre a realização de encontros para tematizar os campos da radiodifusão comunitária e saúde mental coletiva no médio-oeste potiguar, que vieram a ser realizados nos anos seguintes: O primeiro, em Janduís, no ano de 2000; O segundo, em Patu, em 2001, no Santuário ecológico da serra do Lima; O terceiro, em Martins, no ano de 2002, que contou com a participação dos integrantes do programa “porque hoje é sábado” da radio rural de Caicó, no Seridó potiguar ocidental; O quarto encontro de saúde mental e radiodifusão comunitária do médio-oeste passou para o alto-oeste foi realizado na cidade de Rafael Fernandes.

Há 18 anos, no sopé da serra do Cangaíra, na zona rural de Messias Targino, no médio-oeste potiguar, a arte contemporânea do artista multimídia Jota Medeiros era apresentada a agricultores familiares. A obra? Os 100 - terra.

Epitácio Andrade, Cosmogonia

Zé Pequeno e Ricardo cantarolando A Corujinha (música de domínio popular). Foto: Cosmogonia

Carlinhos Zens, Paulo Sarkis em 1999. Foto: Cosmogonia





#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger