Arte na Praça chega ao Coroadinho

Gildean Farias

São Luís, MA. O colégio Coeduc, no Parque Timbira, foi transformado em um grande palco de exposição das manifestações artísticas e culturais produzidas por jovens e adolescentes das comunidades do Polo Coroadinho. A exposição fez parte do Festival Arte na Praça, que marcou o encerramento do projeto ‘Juventude em Cena’, promovido pelo governo do Estado, através da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv).

A promoção de atividades formativas de caráter teórico e prático, de acesso ao conhecimento e fazer cultural, integra o conjunto de políticas públicas do governo Flávio Dino que objetivam promover o desenvolvimento social e cidadão dos jovens maranhenses, além de proporcionar o protagonismo juvenil no estado. O projeto ‘Juventude em Cena’ foi realizado do dia 23 a 28 deste mês em colégios das comunidades do Polo Coroadinho.

O Festival Arte na Praça marcou o encerramento das atividades e foi realizado ao longo deste sábado (28), no colégio Coeduc, sendo composto por torneio de futebol no período da manhã e, na parte da tarde, pela exibição de todas as produções dos jovens e adolescentes participantes das oficinas do projeto ‘Juventude em Cena’, além de apresentações culturais de artistas das comunidades.

A partir da oficina de grafite, os estudantes deram um novo tom ao muro do colégio, que marcou a recepção dos visitantes à exposição. Na parte interna da unidade de ensino, as fotos dos participantes da oficina de fotografia foram expostas em murais. Já a produção das oficinas de dança e teatro foram apresentadas no decorrer do festival. No encerramento do evento, foi exibido o vídeo produzido pelos estudantes da oficina de audiovisual, que retratou um pouco do dia-a-dia dos moradores do Polo Coroadinho.

A secretária da Juventude, Tatiana Pereira, destacou que os cinco dias de oficina da primeira edição do projeto ‘Juventude em Cena’, bem como o encerramento do evento, com a exposição da produção dos jovens e adolescentes, revelou a capacidade criativa, artística e cultural dos participantes da ação.

“Essa primeira edição do ‘Juventude em Cena’ mostrou as capacidades da juventude e nos fez constatar que quando você oportuniza que esses jovens e adolescentes tenham acesso a conhecimento cultural teórico e prático, você os empodera para que eles sejam produtores e multiplicadores de cultura. Despertando nos jovens o interesse pela arte e pela cultura, você está fazendo muito mais que apenas dar formação, você está criando cidadania”, ressaltou a secretária.

Presente no evento, o secretário estadual dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves, lembrou que as ações do projeto ‘Juventude em Cena’ reforçam o compromisso do governo Flávio Dino com a juventude maranhense. Ele destacou que a secretária Tatiana Pereira representa a vontade e os esforços políticos do governador para tornar os jovens protagonistas do novo momento do estado, sempre com a garantia de mais direitos.

“A juventude é prioridade do governo do Estado e a secretária Tatiana Pereira, juntamente com toda a sua equipe, representam os esforços do governador Flávio Dino para garantir cada vez mais direitos a quem é de direito. Estão todos de parabéns, secretária, equipe e, principalmente, a juventude do Maranhão”, comentou.

Quem também ressaltou a importância do projeto foi a presidente da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), Elizângela Cardoso. Ela frisou que as ações do projeto contribuem significativamente para que crianças, adolescentes e jovens não estejam à margem da sociedade.

Também acompanharam o festival os deputados Júnior Verde (PV) e Fernando Furtado (PCdoB), além de representantes da Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres), da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e professores das escolas que receberam as oficinas do projeto.

Aprendizados

Ao todo mais de 200 jovens e adolescentes, na faixa etária de 14 a 29 anos, estudantes das redes públicas estadual e municipal do Polo Coroadinho, participaram das oficinas do projeto ‘Juventude em Cena’. Para esses estudantes, o aprendizado vai além das noções de caráter temático de cada oficina. Os valores de convivência e de personalidade serão levados para o dia a dia na escola e na comunidade.

Aos 16 anos, a adolescente Tainá Bratz, conta que está há apenas um mês morando em São Luís. Vinda do sul do país, ela disse que ainda não havia conseguido ‘se enturmar’ com os amigos de sala de aula e que a oficina de teatro facilitou essa aproximação e possibilitou que ela se integrasse com os demais colegas de turma.

“O que vou levar de melhor da oficina é o trabalho em grupo. A professora ensinou que numa ação em equipe, como na sala de aula, por exemplo, se alguém faltar, todo o trabalho é prejudicado. Através desses ensinamentos, consegui me ‘enturmar’ mais com meus colegas de sala de aula, depois de quase um mês entre novos amigos”, disse Tainá Bratz, que mora no Parque dos Nobres.

Já para o estudante Gabriel Figueiredo, também de 16 anos, os conhecimentos adquiridos na oficina de teatro possibilitaram ele trabalhar as várias formas de expressar sentimentos. “O teatro é um meio pelo qual podemos expressar nossos sentimentos de diversas formas. Posso mostrar através de uma peça, várias expressões que às vezes é o que estou sentindo naquele momento”, contou o adolescente que mora no bairro Bom Jesus.

Juventude em Cena

O projeto ‘Juventude em Cena’ tem como objetivo transmitir conhecimentos para que os jovens e adolescentes se tornem capazes de produzir seus próprios vídeos, exposições fotográficas, peças teatrais, espetáculos de danças, blogs e sites de construção coletiva, além de informações sobre procedimentos de primeiros socorros.

A primeira edição do projeto teve como público-alvo os adolescentes e jovens na faixa etária de 14 a 29 anos das comunidades do Polo Coroadinho, matriculados na rede estadual ou municipal de ensino. As oficinas foram realizadas nos colégios Coeduc, Rubem Almeida, Josué Montello, Arthur de Azevedo, João Lima Sobrinho e Dorilene Silva Castro.

Os participantes do projeto também tiveram a oportunidade de conhecer espaços culturais do estado, como o Palácio dos Leões, a Casa do Maranhão, o Museu de Artes Visuais e a Escola de Música Lilah Lisboa.

De acordo com a secretária Tatiana Pereira, essa foi apenas a ação piloto do projeto, que deverá ocorrer mensalmente e ser ampliado para outras regiões do estado.

“O objetivo do Governo do Estado é realizar uma edição do projeto uma vez por mês em comunidades carentes de toda a região metropolitana de São Luís. Porém, temos a missão maior que é ampliar o projeto para todo o estado, no intuito de possibilitar que jovens e adolescentes de outros municípios tenham acesso a formação e empoderamento cultural, fortalecendo a cidadania e o protagonismo juvenil da juventude do Maranhão”, disse.

Arte na Praça

Arte na Praça

Arte na Praça

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger