Bancos investem na robustez da Petrobras

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

A Petrobras informou que o Banco do Brasil lhe concedeu uma nota de credito à exportação de R$ 4,5 bilhões, através da Petrobras Distribuidoras, pelo prazo de seis anos.

(Com o dólar a R$ 3,00, amigo navegante, que negocio é melhor do que exportar ?)

A Caixa concedeu à Petrobras um financiamento pré-aprovado de R$ 2 bilhões.

O Bradesco, banco privado nacional, de diminuto porte e historicamente deficitário, deu um financiamento à Petrobras (do tipo stand-by) no valor de R$ 3 bilhões e prazo em até cinco anos.

Um banquinho inglês, de irrelevante expressão e escassa experiencia internacional, o Standard Chartered - http://pt.wikipedia.org/wiki/Standard_Chartered_Bank – entrou com US$ 3 bilhões (!!!) e prazo de dez anos para a Petrobras comprar e alugar plataformas de produção.

Petrobras

Pouco tempo atrás, o BNDES da China emprestou outros US$ 3,5 bilhões à Petrobras.

Que horror !

O Dr Moro, o Magistrado de Maringá !, achou que ia quebrar a Petrobras.

E o PiG acreditou !

Quá, quá, quá !

Esse empréstimo do Banco do Brasil começou a ser negociado há quatro meses, quando Bendine presidia o Banco do Brasil e Graça Foster presidia Petrobras.

São operações de dimensão significativa – sim, porque a Petrobras é um gigante ! – mas, rotineiras.

Fazem parte das operações usuais, anuais, da empresa – e seus bancos credores.

Agora, dirá a Urubóloga, ah!, mas, o BB e a Caixa não podem!

O BB e a Caixa têm que ter prejuízo para que possam ser vendidos, como o Malan e o FHC prometeram ao FMI.

O Aecím vai dizer que é pedalada

O Gilmar vai bradar: não devolvo!

(Só que o PT deu um xeque-mate no ínclito Ministro…)

Todo mundo pode emprestar, mas o BB e a Caixa, não !

Agora, amigo navegante, alguém ofereceria uma “nota de credito à exportação” da novela Babilônia à Globo ?

Ou o Standard Chartered se apresentaria para bancar as operações do UOL, aquelas que oferecem sangrenta competição à IBM ?

O Conversa Afiada desconfia que a Petrobras oferecerá seu balanço à Price na data marcada, 22 de abril, e a empresa americana de auditoria, a Price, deverá aceitar as explicações sobre o rombo nas finanças do Brasil com a Gráfica Atitude, aquele que a Fel-lha conheceu um dia antes.

O mesmo não se pode dizer do balanço do PiG cheiroso, conspícuo membro do PiG !

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger