Vale tem prejuízo de US$3,1 bilhões

Anba

São Paulo, SP. A desvalorização do real em relação ao dólar foi o motivo apresentado pela mineradora brasileira Vale para o prejuízo de US$ 3,118 bilhões registrado no primeiro trimestre deste ano. De acordo com os dados do balanço divulgados nesta quinta-feira (30), a receita bruta da empresa também caiu, neste caso devido também à queda no preço das commodities. Segundo o documento da Vale, a empresa faturou US$ 6,3 bilhões entre janeiro e março, valor 34,3% menor do que os US$ 9,6 bilhões do mesmo período de 2014.

No primeiro trimestre do ano passado, a companhia havia registrado lucro líquido de US$ 2,5 bilhões. Agora, teve perdas. A Vale atribuiu o desempenho à desvalorização de 20,8% do real em relação ao dólar na comparação entre os trimestres. Segundo a companhia, entre janeiro e março do ano passado, um dólar valia R$ 2,66. Já no mesmo período deste ano, valia R$ 3,21.

A receita da companhia caiu em razão dos preços baixos e vendas menores do minério de ferro e pelotas de minério de ferro. A Vale tem duas usinas de pelotização em Omã, no Golfo. Embora a produção naquela unidade tenha sido maior do que no mesmo período do ano passado, ela foi menor na comparação com o último trimestre de 2014 porque passou por manutenção. Isso fez com que a venda de pelotas fosse menor.

A receita gerada pela atuação da Vale no Oriente Médio gerou US$ 286 milhões. No mesmo período do ano passado, o faturamento na região atingira US$ 338 milhões. A receita somou US$ 566 milhões na América do Norte, US$ 1,280 bilhão na América do Sul, US$ 3,013 bilhões na Ásia e US$ 1,127 bilhão na Europa. Os outros destinos somados tiveram faturamento de US$ 86 milhões.

A dívida da empresa caiu em US$ 320 milhões, para US$ 24,487 bilhões, em razão, sobretudo, de venda de ativos, projetos e negócios. No comunicado, a Vale afirmou que 2015 será um ano para estabelecer a base de uma empresa “ainda mais competitiva e lucrativa” à medida que intensifica o corte de custos, amplia a produtividade e os volumes de produção. Já neste primeiro trimestre, a produção de minério de ferro foi recorde. Atingiu 74,5 milhões de toneladas e foi o maior volume da história da empresa em um primeiro trimestre.

Apesar do prejuízo, já esperado pelo mercado financeiro, as ações da empresa eram cotadas em leve baixa na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) no pregão desta quinta-feira. Às 12h38, as ações ordinárias (com direito a voto) eram negociadas as R$ 21,03, com desvalorização de 0,38%. AS preferenciais tinham queda de 1,58%, a R$ 16,82.

Nota do editor da Aldeia: Ora, e os dirigentes da Vale e empreiteiros vão ficar soltos... com o prejuízo, a nação deixa de arrecadar mais impostos, significa menos saúde e menos educação. O pau que bate em Chico tem de bater em Francisco também... O preço do ferro caiu no mercado internacional, e daí, o do petróleo também... Lava-Jato neles também! Kkkkkkkk.

Vale

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger