Encerra Seminário Gestão do Centro Histórico

Centro Histórico
Quatro mesas redondas realizadas no evento abordaram temas referentes a conservação e preservação
No encerramento do Seminário de Gestão Compartilhada do Centro Histórico, promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e Subprefeitura do Centro, foi lançado o Pacto pelo Centro Histórico. O pacto será constituído por uma grande rede, com participação de vários segmentos da sociedade, o que vai gerar um plano de gestão compartilhada.

Durante o seminário, foram levantadas as principais questões referentes ao Centro Histórico com participação de representantes do poder público municipal e de segmentos da sociedade civil e iniciativa privada. "O pacto está se iniciando hoje. A ideia é criarmos grupos para que sejam discutidos os principais problemas do centro e posteriormente tenhamos um documento mais amplo", disse a secretária da Setur, Socorro Araújo.

Quatro mesas redondas realizadas no evento abordaram temas referentes às questões relacionadas à política de conservação, preservação e, de maneira geral, de valorização e revitalização do Centro. O vereador Ivaldo Rodrigues, representando a Câmara Municipal, ressaltou a importância das leis de incentivos fiscais, que têm contribuído na geração de emprego e renda, além de preservação da área tombada como patrimônio da humanidade.

Como metodologia para delineamento das principais propostas do pacto, a organização do seminário dividiu o público presente, formado por uma maioria de jovens estudantes, em três grupos temáticos: espaço urbano, oportunidade e segurança. Os temas foram trabalhados com participação direta dos gestores. Oportunidade, por exemplo, teve como condutor do debate o superintendente da Secretaria de Planejamento, Pablo Rebouças, que expôs o programa Patrimônio Digital.

Ele lembrou que o programa oferece redução fiscal para que empresas se instalem na zona de proteção histórica (ZPH), ampliando a oferta de serviços e de emprego e renda e, ainda, mantendo a estrutura conservada de prédios onde se localizam na região.
O presidente da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico, Aquiles Andrade, e a superintendente do Iphan, Kátia Bogéa, trataram sobre espaço urbano. Por outro lado, o secretário de Segurança com Cidadania, Breno Galdino, coordenou o debate sobre segurança.

A secretária de Turismo de São Luís, Socorro Araújo, destacou ainda a presença de quase 80 agentes da Guarda Municipal que irão atuar no Centro Histórico. "Esse é um gesto do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que deve contribuir para melhoria do centro e de toda a cidade", disse a titular do Turismo, destacando a atuação dos profissionais no programa "Crack, é possível vencer!", lançado nesta quarta-feira (20) pelo prefeito Edivaldo.

Para o presidente do Instituto Municipal Paisagístico Urbana, Luis Carlos Borralho, a Prefeitura tem envolvido a população com o programa "São Luís, Cidade Jardim", lançado em novembro do ano passado. Borralho citou as parcerias que estão sendo feitas na implantação dos eixos do programa. "É necessário que a população e todos os setores da sociedade se apropriem do patrimônio que lhes pertence", disse.

O estudante Daniel Silva louvou a iniciativa da Prefeitura e pontuou a relevância de discutir e ter um panorama geral, que englobe todos os setores, das ações desenvolvidas no Centro Histórico. "Espero que tenhamos mais seminários como este para que tenhamos mais informações sobre o patrimônio histórico de São Luís e sobre o que o poder público está fazendo para que tenhamos uma região melhor", disse Daniel Silva, estudante do curso de Eventos do Instituto Federal do Maranhão (Ifma).

Carolina Nahuz

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger