Lula no Anhangabaú: me chama para a briga

Ex-presidente Lula, neste 1º de maio,  no Vale do Anhangabaú
Jornal GGN

Em ato unificado do Dia do Trabalhador convocado por centrais sindicais e movimentos sociais no centro de São Paulo, nessa sexta-feira (1), o ex-presidente Lula (PT) reagiu às reportagens das revistas Época e Veja que tentam arrastá-lo para o centro da Operação Lava Jato. Em tom espinhoso, Lula disse que é "bom de briga" e que não vai ficar acuado diante das "insinuações" que fazem com seu nome. Ele disse que, durante seu governo, ajudou a salvar muitos empresários da comunicação que estavam falindo, inclusive com recursos do BNDES, e nunca pediu nada em troca.

"Vejo nas revistas brasileiras, que são um lixo, as insinuações. Eles querem pegar o Lula, mas me chama para a briga que eu gosto", afirmou para as milhares de pessoas presentes no Vale do Anhangabaú, segundo informações do Instituto Lula. "Quero dizer aqui, na frente das crianças: pega 10 jornalistas da Veja, da Época, e enfia um dentro do outro que não dá nem 10% da minha honestidade", disparou o ex-presidente.

Lula ironizou a pressão que os veículos exercem para que os empresários citem seu nome nos depoimentos feitos às autoridades da Operação Lava Jato. "Poderiam convocar um congresso de empresários e dar um prêmio para quem citar o meu nome. Quem sabe seria mais fácil resolver o problema. Porque eu vou dizer uma coisa: não tem um cara da elite brasileira que não tenha recebido favor ou que não tenha sido salvo pelo Estado brasileiro. Eu conheci muitos meios de comunicação falidos e ajudei porque a comunicação tem que ser forte. Quando diziam que o BNDES não poderia financiar prédio de editora, eu disse que podia. Que dono de jornal deveria ser tratado como qualquer empresário, sem ser obrigado a falar bem do governo, porque ninguém está pedindo isso."

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger