Selma do Coco: O adeus à diva negra

O enterro de Selma do Coco ocorre no Cemitério de Guadalupe, em Olinda, na tarde deste domingo (10). Antes, o corpo da cantora é velado no Clube Vassourinhas, em Amparo, também em Olinda. Imortalizada na cultura pernambucana, Selma Ferreira da Silva, a eterna Selma do Coco, morreu aos 85 anos, na tarde desse sábado (9), no Hospital Miguel Arraes, em Paulista. Ela estava internada na unidade de saúde desde o dia 11 de abril.

De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa do hospital, ela morreu depois de ter sofrido "uma parada cardíaca, sendo reanimada, e seguida por falência múltipla de órgãos". Selma do Coco foi inicialmente internada depois de ter sofrido uma queda em casa, o que provocou uma fratura no fêmur.

Três dias depois da cirurgia, Selma do Coco apresentou alterações na função renal e desconforto respiratório. No início de maio, ela chegou a melhorar e a deixar de usar o suporte respiratório, mas as sessões de hemodiálise não foram interrompidas.

Em 2008, Dona Selma foi agraciada com o título de Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco. E em agosto de 2010, foi homenageada pelo Ministério da Cultura e pelas comemorações dos 22 anos da Fundação Palmares, como uma das divas da cultura negra brasileira.

Selma do Coco, diva da cultura negra brasileira

Rádio Jornal do Commercio e Youtube, Editores

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger