Só 32% do rebanho de MT foi vacinado

Gado

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa encerra neste domingo, dia 31, mas a adesão dos produtores está baixa. Em Mato Grosso, estado com o maior rebanho do país, apenas 32,79% dos bovinos e bubalinos foram vacinados.

A cinco dias do prazo, só 32% do rebanho de Mato Grosso foi vacinado.

Em Uberaba, a situação é semelhante: menos da metade dos criadores notificaram a imunização ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa encerra neste domingo, dia 31, mas a adesão dos produtores está baixa. Em Mato Grosso, estado com o maior rebanho do país, apenas 32,79% dos bovinos e bubalinos foram vacinados.

Nesta etapa, são imunizados animais de 0 a 24 meses de idade, com exceção das propriedades localizadas no baixo Pantanal. A estimativa inicial da campanha de maio era imunizar 12.650 milhões de animais, dentro da faixa etária exigida. Até a última sexta, dia 22, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), recebeu apenas notificações de 32,23% das propriedades.

O período para comunicar a vacinação termina no dia 10 de junho. Ele pode se dirigir ao escritório do Indea da sua cidade, assim que vacinar todo o rebanho da propriedade – destaca o presidente da autarquia, Guilherme Nolasco. Para efetuar a comunicação, o produtor precisa apresentar a relação dos animais vacinados e a nota fiscal da compra da vacina.

Quem não vacinar o rebanho dentro do período da campanha paga multa de 2,25 UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado. O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.

Em Minas Gerais, a situação é semelhante: menos da metade dos criadores notificaram a imunização ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Os produtores que não imunizarem o gado podem ser penalizados com multa de R$ 68,00.

– É um número muito baixo por ser o final da campanha, já que os produtores têm até sexta-feira para vacinar e a declaração pode ser feita até 10 de junho – comenta Daise Macedo, chefe do escritório de Uberaba do IMA. Nesta etapa da vacinação, o IMA permite que os produtores regularizem o cadastro quantitativo dos animais, atualizando possíveis perdas ou aumento no rebanho. O ajusto pode ser feito sem ônus fiscal. Para isso, basta que os produtores declarem a vacinação em qualquer um dos escritórios do instituto.

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger