Brasil perde e Hexa escapa, de novo

Em um campeonato muito disputado, com oito jogos de mata-mata com disputas de prorrogações, a seleção brasileira não resistiu a sua terceira prorrogação e perdeu o que seria o sexto título do país em mundiais da categoria. Após empatar no tempo normal por 1 a 1, o Brasil esbarrou em grande atuação do goleiro sérvio Rajkovic e sofreu gol em contragolpe mortal no final do segundo tempo da prorrogação.

Festa dos sérvios que vencem o torneio em sua primeira disputa na competição. Mesmo com os problemas desde a convocação e troca de comando técnico, a seleção brasileira termina a competição com o vice-campeonato, desempenhando um bom papel e revelando alguns bons talentos individuais.

Domínio brasileiro e paredão sérvio

Desde o principio da partida, o Brasil mostrou bom controle de bola e acuou os sérvios em seu campo de defesa, criando muitas jogadas pelas laterais do seu campo ofensivo. Logo aos nove minutos, após cobrança de escanteio, o atacante Jean Carlos acertou linda finalização que foi interceptada pelo goleiro Rajkovic, que foi o nome da sérvia no primeiro tempo. Além desta, o goleiro defendeu arremate de Gabriel Jesus, após linda jogada do palmeirense que deixou os marcadores sem ação, aos 20 minutos. Em seguida, o zagueiro são paulino Lucão não conseguiu aproveitar cobrança de escanteio de Boschila, seu companheiro de clube, e cabeceou para fora.
No final da primeira etapa, a Sérvia conseguiu equilibrar as ações e nos acréscimos quase abriu o marcador após o cabeceio de Milinkovic, bem defendido pelo goleiro Jean, do Bahia.

Os gols aparecem em segundo tempo tenso

Na volta do intervalo, o Brasil, continuava com amplo domínio da posse de bola, mas diferente do primeiro tempo, dava muitos espaços para as ações ofensivas da equipe européia.

Nos primeiros cinco minutos o Brasil poderia ter aberto o marcador em finalizações de João Pedro e Danilo, que acabaram sendo desperdiçadas. Marcus Guilherme também tentou, mas o excelente goleiro Rajkovic segurou firme no centro do gol.

Sub20
Maksimovic fez o gol que definiu a vitória da Sérvia sobre o Brasil
A Sérvia encontrou alguns espaços pelo lado direito do ataque e por ali chegou ao seu gol. Aos 21 minutos, após jogada de Maksimovic livre de marcação, saiu um cruzamento para a área brasileira que encontrou o atacante Mandic livre na segunda trave que apenas escorou para o gol.

Mesmo com o gol, os dois times não mudaram sua postura em campo e a seleção canarinho foi coroada com um belo gol de Andreas Pereira, que com muita habilidade, recebeu no bico da grande área, se livrou da marcação de três marcadores e bateu firme, agora sem chance de defesa para o arqueiro adversário.

Com as equipes bastante desgastadas, a última grande chance do tempo normal veio já nos acréscimos, em cobrança de falta da meia lua de Andreas Pereira que exigiu mais uma defesa de Rajkovic.

Prorrogação com chances para os dois lados e título sérvio

Com o mesmo panorama e com os times bastantes cansados, o jogo ganhou um ingrediente a mais com a queda de chuva abundante.

As duas equipes já bastante modificadas buscavam jogadas de aproximação ou alguma solução individual, sempre com o Brasil dominando as ações e os sérvios buscando algum contragolpe.

No primeiro tempo as melhores oportunidades vieram nos pés de Malcom, atacante do Corinthians, que entrou bem na partida.

A segunda etapa marcou chances para os dois lados. Aos 12 minutos, o Brasil perdeu a bola no campo ofensivo, gerando um contra-ataque que culminou no gol do jogo. Maksimovic invadiu a área livre, em posição legal e tocou na saída de Jean, definindo a partida.

AFI

Nota do editor da Aldeia: O título refere-se à Copa do Mundo do Brasil do ano passado onde a seleção brasileira desperdiçou o hexacampeonato e ainda deu o vexame de perder de 7x1 para a campeã, Alemanha.

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger