Mais Cultura e Turismo: espaço de todos

O programa ‘Mais Cultura e Turismo’, do Governo do Maranhão, em mais uma semana de apresentações, se consolidou como uma iniciativa que chegou a um público diversificado. Realizada na quinta e sexta-feira na Praça Nauro Machado e no sábado e domingo no Espigão Costeiro da Ponta D’Areia, em São Luís, a programação atraiu crianças e adultos, moradores de São Luís e turistas.

O ‘Mais Cultura e Turismo’ é uma ação estruturante do governo Flávio Dino que coloca o turismo e a cultura como instrumento de desenvolvimento e justiça social. Ao fazer um balanço da última semana, a secretária de Estado de Turismo, Delma Andrade, ressaltou a diversidade do evento. “A junção de ritmos, cores e sabores do Maranhão encantou turistas e ludovicenses. A programação garantiu uma mostra rica da cultura maranhense, por meio de artistas da terra”.

As imagens do programa Mais Cultura e Turismo





Para a secretária de Cultura, Ester Marques, o projeto comprova a possibilidade de ocupar espaços públicos com atividades que beneficiam toda a população maranhense. “Somando ações, temos tido aprovação de turistas e maranhenses em uma iniciativa diversificada e autêntica. Nessa última semana, o evento revitalizou a ocupação de espaços na Praia Grande. Temos, com isso, a certeza que este momento representa o início da implantação de um projeto de sucesso, desenvolvido pelo governo Flávio Dino”.

Cerca de 60 apresentações foram programadas para acontecer até o dia 29 de agosto. Iniciado em Barreirinhas, e com apresentações no Centro Histórico e no Espigão da Ponta D’areia em São Luís, já passaram pelos palcos do programa artistas como Flávia Bittencourt, Carlinhos Veloz, Wilson Zara, Erasmo Dibel, Rosa Reis e Fátima Passarinho, além dos bois Barrica, Maioba e Pérola dos Lençóis.

Grupos de tambor de crioula, de reggae, de música popular maranhense, além de orquestras e corais também se apresentaram. A programação prevê atividades para as crianças no Espigão Costeiro da Ponta D’Areia. Acontecem oficinas de ritmo, contação de histórias, teatro, shows com palhaços e muita brincadeira nos equipamentos de lazer montados no período do evento.

Domingo ao som dos tambores

Uma praça invadida pela criançada descobrindo os ritmos do bumba-meu-boi. Foi o cenário de domingo (19) do ‘Mais Cultura e Turismo’ no Espigão Costeiro da Ponta D’Areia. O público infantil ainda viajou no mundo encantado das histórias contadas por Gisele Vasconcelos e a musicalidade do grupo Afrôs, última atração da noite de domingo, não deixou ninguém, adultos ou crianças, ficar parado.

Matraca ou da Ilha, Orquestra, Zabumba, Baixada e Costa de Mão todos os ritmos do bumba-meu-boi foram apresentados ao público que participou da oficina de ritmos populares. A pequena Carolina Lima, de apenas seis anos, tentava acompanhar os passos do Cazumbá (figura mística, meio bicho, meio homem, presente no sotaque da Baixada) coreografados pela professora de dança. A mãe, Jordânia Lima gostou da iniciativa e apresentou para a filha os personagens do bumba-meu-boi. “A exposição com os personagens do bumba-meu-boi foi ótima para explicar melhor um pouco mais da nossa cultura”, referiu-se Jordânia a outro atrativo da oficina de ritmos.

A coreografia do bumba-meu-boi envolveu os pais, que entraram na roda e, junto com os filhos, ensaiaram os passos de uma das expressões culturais que mais identificam o Maranhão. A oficina foi uma prévia da animação que estava por vim com o grupo Afrôs. Mulheres encantaram e cantaram na apresentação dessa banda que além das canções próprias, interpretaram sucessos nacionais. “Férias é isso! Em um único lugar, muito bonito como é o Espigão, você encontra diversão, artesanato e gastronomia, tudo de primeiríssima qualidade”, disse Silvana Moraes, moradora da Cohama e que ontem se programou para ir ao ‘Mais Cultura e Turismo’.

As secretárias de Cultura, Ester Marques, e Turismo, Delma Andrade, acompanham cada edição do projeto. “É realmente a ocupação de um espaço público com atrações que agregam valor, fortalecem e prestigiam a cultura maranhense e que conquistaram a todos: moradores e turistas”, enfatizou Ester Marques. “As pessoas acreditaram e acolheram o projeto de Barreirinhas a São Luís, era uma lacuna tanto por parte dos maranhenses, como dos turistas e dos próprios artistas. Os resultados a cada final de semana do projeto demonstram pela participação do público, resultados satisfatórios” disse Delma.

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger