Empresas aderem a Programa para erradicar escolas de taipa‏

O governador Flávio Dino recebeu representantes da iniciativa privada que anunciaram apoio ao programa Escola Digna, do Governo do Estado. Com o objetivo de erradicar as escolas de taipa e palha, substituindo-as por prédios de alvenaria, o programa faz parte do conjunto de ações do Executivo Estadual para ampliar direitos e diminuir as desigualdades sociais. Além das empresas, o deputado federal Weverton Rocha também anunciou a destinação de R$ 2 milhões em emendas parlamentares para o programa.
Flávio Dino com representantes de empresas e Weverton Rocha. Foto: Karos Gerômy
“Com a adesão a este projeto, vocês representantes da iniciativa privada mostram que a parceria entre o poder público e os setores privados tem uma dimensão importante para o futuro do Maranhão. (…) Juntos, estamos apostando na dimensão criativa e realizadora de nossa gente, que são demarcadores de uma nova fase que vive o Maranhão,” afirmou Flávio Dino, ao homenagear com uma placa de agradecimento, os contribuidores.

O Grupo Mateus, a empresa Agro Serra e a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram os três representantes do setor privado a anunciar investimentos no programa Escola Digna, junto com o deputado Weverton Rocha. Para cada um dos contribuidores, o Governo do Maranhão destinará uma placa em frente à construção do novo prédio de educação.

O engajamento de empresas privadas no programa governamental é fruto de mobilizações constantes do governador Flávio Dino junto à sociedade civil, para que unam esforços ao Governo do Estado em busca da melhoria dos índices sociais do Maranhão. No mês de junho, Flávio Dino reuniu representantes de empresas que atuam no Estado para sensibilizá-las a contribuir com o programa Escola Digna.

Para a secretária de Educação, Áurea Prazeres, os empresários que decidiram se engajar no projeto de melhorar a qualidade educacional no Maranhão mostram ter uma postura cidadã, materializada em um novo prédio escolar disponibilizado a populações que tiveram esse direito negado por gerações. Hoje, o Maranhão possui 1.090 escolas de barro, taipa ou palha em todo o seu território.

Representando o Grupo Mateus, Ilson Mateus Rodrigues Júnior apontou a melhoria da qualidade de vida do maranhense e a inclusão social como definitivos para que a empresa investisse no programa Escola Digna. Para ele, é importante que cada vez mais os governos e a sociedade civil estejam engajados em proporcionar mais qualidade de vida em nosso Estado.

Já o deputado Weverton Rocha afirmou que políticas educacionais são fundamentais para combater grandes problemas do Brasil, como o combate à criminalidade e ao analfabetismo. “O que vemos no Maranhão hoje é um governo focado em efetivar as garantias que a Constituição Federal de 1988 previu e que aguardavam por essa sensibilidade que Flávio Dino tem demonstrado”, disse.

Aline Louise

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger