PIEE: Maranhão ganha eólica e Tocantins, solar

Saiba quais estados da Amazônia terão investimentos em energia elétrica

O Governo Federal anunciou a contratação de investimentos no valor de R$ 186 bilhões no setor de energia em todo o Brasil. Quase todos os estados da Amazônia, com exceção do Acre e Roraima, serão contemplados com com empreendimentos. A medida faz parte do Programa de Investimento em Energia Elétrica (PIEE), lançado nesta terça-feira (11). Os novos investimentos serão realizados em geração e transmissão elétrica entre agosto de 2015 e dezembro de 2018. O setor deve injetar R$ 195 bilhões na economia do País
Dilma e Eduardo
Dilma e Eduardo Braga lançaram Programa de Investimento. Foto: Agência Brasil
Entre os empreendimentos previstos na Amazônia, os maiores são as hidrelétricas de São Luiz Tapajós, com 8.040 megawatts (MW), e Jatobá com 2.338 MW. Ambos no rio Tapajós, no Pará. O investimento previsto para a construção da primeira é estimado em R$ 26 bilhões. No caso da segunda, o valor é menor, previsto em R$ 10 bilhões. Em todo o País, serão contratados por meio de leilões R$ 116 bilhões em obras de geração e R$ 70 bilhões em linhas de transmissão.

Outros estados devem ganhar empreendimentos hidrelétricos, classificados como pequenas centrais com 1000 a 1500 MW de capacidade instalada. O Mato Grosso é o estado com o maior número de obras [previstas]. Ao todo, 23. Tocantins aparece em seguida com seis, Pará com cinco, Maranhão com quatro, e Amapá e Amazonas devem ter uma cada.

O Governo pretende fornecer mais energia aos estados a preços competitivos com o mercado internacional. Um dos objetivos é fomentar o crescimento econômico com uma matriz elétrica predominantemente limpa e renovável. O PIEE também aprofundará o caminho da diversificação energética, com a ampliação do uso da biomassa, da energia eólica, e da energia solar fotovoltaica.

O Maranhão é o único da região que terá usina eólica. Serão duas com capacidade de 4000 a 6000 MW. E o Tocantins também será agraciado com uma peculiaridade, uma usina Solar Fotovoltaica com capacidade de 2000 a 3000 megawatt-peak (MWp).

Já Mato Grosso, Rondônia, Pará, Tocantins e Maranhão terão leilões para Linhas de Transmissão. Na transmissão, até 2018 deverão ser leiloados 37.600 quilômetros de linhas, com investimentos previstos de R$ 70 bilhões, sendo R$ 39 bilhões a serem executados até 2018 e os R$ 31 bilhões após esse período.

Agência Brasil

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger