Sampaio vence e segue imbatível no Castelão

Nadson
Nádson comandou a vitória Tricolor
A opinião é praticamente unânime entre todos os participantes da Série B; o importante é pontuar. Óbvio, mas o Sampaio foi além, na noite desta terça-feira, 4. Dominou, passou por cima e venceu o Bragantino por 2×0. Placar até modesto devido à grande atuação Tricolor no Castelão.

Tranquilidade, toque de bola rápido e muita entrega. Marcas da Bolívia Querida durante os noventa minutos. Sem desespero, soube controlar o jogo e construir a vitória paulatinamente, com autoridade.

Plínio poderia ter inaugurado o marcador, mas a bola foi cretina e saiu pela linha de fundo. O gol era questão de tempo, estava nítido, só que Nadson exagerou no estilo e acertou uma paulada de fora da área, indefensável, com direito a toque no travessão e estufada na parte superior da rede. Golaço. Sampaio na frente.

A pressão não diminuiu. A Bolívia queria mais, e quase amplia com Válber, mas a defesa do Bragantino se safava de todas as maneiras, em várias ocasiões.

Era preciso manter o nível na segunda etapa, e foi exatamente essa a atitude tomada pela equipe Tricolor. Guarda elevada, imponência em campo e a mesma disposição. Os três pontos se materializavam com o passar dos minutos.

E Nadson, gastando a bola, o dono do jogo, brindou a torcida mais uma vez. Toque por cobertura, com classe, inapelável. O Castelão veio abaixo. Sampaio 2×0, fora o baile.

Faltava um detalhe para incendiar de vez a partida, e não demorou muito para a torcida se sentir plenamente extasiada. Com Pimentinha de um lado e Henrique do outro, o Sampaio partiu pra cima do Bragantino querendo liquidar de vez a parada.

Mas a bola, novamente, foi cretina, e não ousou ultrapassar a linha no toque sutil de Henrique. Todo mundo gritou gol. O bandeira não correu para o centro de campo. Uma pena.

A vitória já estava sacramentada. Com total supremacia. Invicto, imbatível no Castelão, o Sampaio soma mais três pontos rumo ao seu sonho. Na próxima terça-feira tem mais. A batalha continua.

Ficha Tricolor:

Rodrigo, Marcelinho, Plínio, Luiz Otávio e Raí; Léo Salino, Dê, Nádson (Arlindo Maracanã) e Válber (Cleitinho); Pimentinha e Douglas (Henrique).

Nádson comandou a vitória Tricolor com dois golaços

Já estão virando rotina as grandes atuações de Nádson com a camisa Tricolor. E, com o passar do tempo, o toque de refinamento tem evoluído, chegando ao passo da maestria. A Torcida boliviana assina embaixo dessa afirmação.

“Trabalho sempre com o intuito de ajudar o Sampaio a conquistar as vitórias. Os gols e boas atuações são consequências da dedicação de todo o grupo. Foi importante termos vencido para nos mantermos ali próximo ao G4”, destacou Nádson, grande destaque da partida.

Além dos gols, Nádson ocupou espaços, ajudou na marcação e distribuiu passes certeiros no meio de campo. Foi substituído, extenuado, mas com o dever cumprido: “Dei uma cansada ali no final, mas é natural. Estamos vindo de uma sequência grande de jogos. Valeu pelos três pontos”, afirmou o meia Tricolor.

Nádson e o restante do grupo boliviano ganham a quarta-feira de folga, já que a equipe só voltará a atuar na próxima semana. Os jogadores retornam aos treinos na quinta, às 15h30, no estádio Castelão.

SampaioCorreaFC

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger