Com Lewandowski, Gilmar não leva uma! Vade Retro!

Singela contribuição de cartunista germânico. Imagem: Conversa Afiada
Desde que Lewandowski assumiu a Presidência, Gilmar foi relegado a irremediável minoria.

Dai seu desespero para votar no PiG.

Daí os vazamentos que tem a intenção obvia de tentar levar a opinião a imprensar os ministros da Corte contra a parede.

Porque ele não ganha o jogo que interessa.

Com a decisao do Supremo de reverter o voto do relator e acompanhar o voto de Barroso, o voto de Gilmar foi multi-patético.

Ele citou Miro Teixeira, de irrefreável fidelidade à Globo, e Michel Temer, que aguarda, apreensivo, a Justiça chegar à genese de seu patrimonio politico no Porto de Santos !

Miro e Temer !

E cita o Cerra, que o chamou de "meu presidente !"

Nem para disfarçar.

Ministros do Supremo já entenderam o jogo do Ministro (PSDB-MT).

E a ele nao querem se associar.

Gilmar (PSDB-MT) faz jogo politico partidário.

E por mais que os ministros tenham tendencias politicas, individuais, nao querem se confundir com uma legenda (derrotada, desmoralizada), como o PSDB, de forma tao despudorada.

Os ministros já perceberam que parte da oratoria e da logica jurisdicional do Ministro do PSDB de Mato Grosso tem a ver com sua atividade empresarial !

E nenhum outro ministro, ali, tem atividades movidas pela logica do "ganhar dinheiro"!

Além disso, os ministros parecem nao esconder que nao estao felizes com a reiterada, por 6.897 vezes por semana, tentativa o Gilmar (PSDB-MT) de "ganhar no grito", no PiG.

Nenhum ministro acha divertido se sentir diminuido pelas "decisões"dele no PiG.

Como se ele votasse por todos.

Primeiro, para jogar a opinião publicada, pigal, contra os colegas.

E, segundo, para fazer merchandising de sua empresa !

Depois de votar, Gilmar (PSDB-MT) pediu licença para sair, porque tinha que viajar.

Leandowski, sempre educado, lhe disse: boa viagem !

O que se traduz, no conexto, por "vade retro !".

Em tempo:

Liga o Vasco:

- Gilmar está com um toque.
- Toque ? Como assim, Vasco ?
- Um toque. Um trejeito.
- Qual ?
- Ele aperta o nó da gravata e, no gesto seguinte, no mesmo movimento confere se o queixo está no lugar.
- Entendi. Barroso caiu-lhe o queixo.

Pano rápido.

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger