Festival Gastronômico incrementa turismo

“Ações dessa natureza abrem os olhos dos munícipes para que percebam o potencial turístico de suas belezas naturais e patrimônio imaterial, que é a sua cultura. Somado a isso, eles despertam para a atividade turística como fonte de trabalho, renda e melhoria da economia local e da qualidade de vida das pessoas. E foi exatamente o que vimos hoje aqui: um evento que mobilizou a comunidade e provou que Bequimão tem condições de desenvolver-se como um grande atrativo da Floresta dos Guarás, aliado ao turismo comunitário – que tem na população seu principal agente com objetivo de conservar o modo de vida tradicional, a biodiversidade e o desenvolvimento econômico local”.

A palavra do diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, deu o tom, no último domingo (9), ao lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar na comunidade de Paricatiua, um núcleo pesqueiro a 10 Km da sede de Bequimão, considerado a porta de entrada da Floresta dos Guarás. O evento aconteceu no Bar e Restaurante Estação Marítima, em frente ao atracadouro flutuante do povoado, reunindo mais de 350 pessoas da região e teve como atrações culturais a Banda Barba Branca, discotecagem de Ademar Danilo e tambor de crioula de Bequimão.

“Cremos nas potencialidades do nosso município que só tem a crescer com a finalização da ponte sobre o Rio Pericumã, interligando diretamente Bequimão com Central do Maranhão e que encurtará as distâncias para o Litoral Ocidental quando a obra estiver finalizada. A parceria com o Sebrae mostra que se estivermos organizados, podemos crescer e ajudar o município a se desenvolver de maneira sustentável”, acredita o prefeito José Martins.

Em Paricatiua, o Sebrae levou toda a estrutura do evento para atender aos quatro restaurantes inscritos no II Festival Gastronômico Delícias do Mar que objetiva incrementar a cadeia do turismo, por meio da gastronomia, explorando os principais ingredientes da culinária maranhense: pescados e mariscos – que são fartos no Litoral Ocidental do estado.

O evento mostrou, entretanto, que o município está apenas começando a estruturar seus equipamentos turísticos e a mobilizar a comunidade para que a atividade aconteça a contento e beneficie a todos do lugar, no que o Sebrae poderá ajudar com toda a sua expertise – que se materializa no Litoral Ocidental por meio do projeto Desenvolvimento Econômico e Territorial, executado pela regional da instituição em Pinheiro.


A culinarista Tia Noca apresenta ao diretor superintendente do Sebrae, João Martins, o prato de bobó de camarão e vatapá, resultado da oficina de gastronomia. Foto: Veruska Oliveira

“É gratificante ver que o nosso município e o povoado pesqueiro de Paricatiua começam a despertar para o potencial turístico que temos a oferecer. O Sebrae tem um papel fundamental nesse processo que também carece do engajamento da comunidade para que dê realmente certo: é a população do município que precisa ser a principal beneficiária do desenvolvimento da atividade turística aqui, na porta de entrada da Floresta dos Guarás”, apontou o vereador bequimãoense Jorge Filho.

O diretor do Museu do Reggae do Maranhão, jornalista, radialista e pesquisador de música negra, Ademar Danilo, que animou o evento com sequências de reggaes clássicos e atuais, considera o II Festival Gastronômico uma iniciativa ‘fenomenal e louvável’ por integrar e valorizar os municípios participantes, fomentar o turismo e incentivar os negócios. “O Festival Gastronômico é igual ao reggae no Maranhão: só traz coisas positivas. Espero que nas próximas edições outras localidades e regiões também sejam contempladas, porque o Maranhão tem muita coisa boa a oferecer”, ressalta.

Neste sábado, 15, será a vez do município de Guimarães receber a caravana do II Festival Gastronômico Delícias do Mar – que vai acontecer no Espaço Trapiche, na sede do município, a partir das 17h.

Sobre o evento

O II Festival Gastronômico “Delícias do Mar” acontece até o dia 23 de abril, numa ação conjunta dos projetos Cadeia de Valor do Turismo na Regional de São Luís e Desenvolvimento Econômico e Territorial do Litoral Ocidental – DET Litoral Ocidental, executados, respectivamente, pelas Unidades Regionais do Sebrae em São Luís e Pinheiro com apoio de parceiros institucionais, envolvendo os municípios de São Luís, São José de Ribamar, raposa, Alcântara, Bequimão, Cedral, Cururupu e Porto Rico do Maranhão.

Para o festival, os chefs dos 47 restaurantes participantes prepararam pratos inéditos e especiais, com toques diferenciados, tendo como base a diversidade de mariscos encontrados em nosso litoral, como sururu, camarão, caranguejo e sarnambi. Juntamente com sobremesas de frutas regionais, os pratos serão ofertados ao público a preços promocionais no cardápio para estimular o consumo dos antigos clientes e conquistar o paladar de novos, principalmente de quem visita os municípios envolvidos.

Programação paralela

Na programação do lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar em Paricatiua aconteceu uma oficina de gastronomia regional a base de pescados e mariscos sob a orientação da culinarista Raimunda Nonata Amorim, mais conhecida como Tia Noca.

“Demos uma aula sobre a culinária típica do Maranhão, aproveitando a temática do evento. Cremos que somamos com esse processo de despertar as pessoas daqui para a importância do que possuem na região e que, talvez, ainda nem tinham se dado conta que podiam utilizar esses frutos do mar para fazer pratos saborosos e atrair turistas para cá”, colocou a culinarista.

Além da oficina de gastronomia, a programação paralela contemplou a comunidade de Paricatiua com uma palestra sobre Turismo Comunitário, a pedido do poder público municipal que busca engajar a comunidade em todo o processo de desenvolvimento que está por vir, assim que a Ponte Bequimão-Central do Maranhão estiver concluída. A palestra foi ministra pela consultora do Sebrae Flávia Cantalamessa e assistida por mais de 40 pessoas.

“Realizamos um estudo importante por meio do Observatório Sebrae, uma demanda da Prefeitura Municipal de Bequimão, para verificarmos os impactos socioeconômicos dessa obra. No diagnóstico vislumbramos que o município poderá aproveitar todo esse movimento – do início ao final da obra, para desencadear um processo de crescimento sem volta, apostando nas vocações produtivas locais, incentivando setores como o comércio, serviços e turismo e criando uma ambiência favorável para que os pequenos negócios se estabeleçam e tenham sustentabilidade. O Sebrae, que trabalha para apoiar os pequenos e desenvolver a economia do país, está à disposição para ajudar”, destacou o diretor superintendente da instituição, João Martins.

Polo Turístico

A Floresta dos Guarás é um pequeno ecossistema brasileiro localizado no litoral ocidental do estado e banhado pelo oceano Atlântico, composto por parte da floresta amazônica em sua fauna e flora, mangues, florestas, ilhas desertas e áreas de restingas. Leva esse nome em homenagem à bela ave de plumagem vermelha, comum na região: o guará.

O local, que conta com atrativos naturais e culturais, foi incluído como polo ecoturístico por excelência e envolve os municípios de Bequimão, Cedral, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão, Serrano do Maranhão, Cururupu, Bacuri e Apicum Açu. Destaca-se como santuário ecológico formado por baías e estuários onde os rios desaguam em meio aos manguezais.

Samme Ribeiro

#...#

Disqus Comments


© 2017 Aldeia Global TV - Template Created by goomsite - Proudly powered by Blogger